.
Newsletter - Nov/Dez de 2018
Missão
Promover a produção, o compartilhamento e a disseminação de conhecimentos  técnicos  aplicados ao setor elétrico, como indutor da qualidade de vida sustentável.


Visão

Ser reconhecido nacional e internacionalmente como referência na produção e na gestão do conhecimento técnico aplicado ao setor elétrico, assim como, na articulação entre todos os seus agentes.

Valores

Competência Técnica, Ética, Transparência e Imparcialidade, Crescimento e Valorização dos Associados, Trabalho Voluntário com Profissionalismo.


O Livro A Virada Digital - Smart Cities e Smart Grids em uma perspectiva Multidisciplinar é lançado em meio aos eventos do  CIGRE-Brasil, em Brasília-DF - Esta nova publicação do CIGRE-Brasil foi lançada em meio a uma intensa semana de eventos que teve início com o evento Gestão de Ativos na Era da Inovação Tecnológica (4 e 5 de dez.), seguiu-se com a reunião do Steering Committee  (6 e 7 de dez), e, finalmente, o I Workshop de Segurança Cibernética (6 e 7 de dez.). 
Organizado por Milla Benicio, o livro é resultado do Fundo Universitário do CIGRE-Brasil e do convênio entre o CIGRE-Brasil e o Centro de Tecnologia SMART (CTSMART), com a colaboração do Centro Universitário La Salle do Rio de Janeiro (UNILASALLE-RJ).
Obra coletiva e de abordagem plural, a Virada Digital tem como fio condutor reflexões da tecnologia smart e seus impactos no setor elétrico. De abordagem multidisciplinar a obra está dividia em três seções: Aspectos Técnicos, Governança Regulatória e Impactos Sociais. Leia mais.

Reunião do Steering Committee em Brasília, ao longo dos dias 6 e 7 de dezembro,  estiveram reunidos os representantes dos dez maiores Comitês Nacionais do CIGRE. Entre eles, o atual presidente e o secretário executivo do CIGRE Internacional,   Rob Stephen e Philippe Adam. Como de costume, o país anfitrião, ofereceu aos membros do Comitê, um panorama da situação do setor elétrico do país, a partir de especialistas convidados da ANEEL, do ONS e da Eletronorte.

Revista EletroEvolução 94 traz a Memória e a Atualidade do Setor Elétrico Brasileiro -  A versão impressa já está a caminho dos associados das categorias sócio(a) individual I e sócio coletivo I e II. 

Entre os destaques desta edição está o artigo que contou com a colaboração de diferentes agentes do setor elétrico e foi organizado por Saulo Cisneiros, intitulado  A História da Operação do Sistema Elétrico Brasileiro descrita através dos principais eventos que marcaram a sua evolução.

O artigo conta, ainda, com farta documentação fotográfica resultado de pesquisa do organizador junto aos seus colaboradores e, também, do acervo do  Centro de Memória da Eletricida-deentidade cultural sem fins econômicos, instituída em 1986 por iniciativa da Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobras, com o objetivo de preservar a história da implantação e do desenvolvimento da indústria da eletricidade no país.  Leia Mais. 

Encarte Especial traz Relatório Técnico de Participação da Delegação Brasileira à Sessão Bienal do CIGRE em 2018 - Com o objetivo de apresentar as principais atividades técnicas desenvolvidas pelos membros da delegação do CIGRE-Brasil à sessão bienal 2018 do CIGRE realizada entre os dias 25 e 31 de agosto deste ano, o Encarte Especial da EE 93 traz o detalhamento por Comitê de Estudo dos papers apresentados naquele evento.
Além do detalhamento da participação técnica dos delegados brasileiros, o Relatório traz Constatações Técnicas e Constatações Gerais que merecem ser conhecidas pelos(as) associados(as) do CIGRE-Brasil como um todo.
Entre as constatações gerais observou-se que a participação efetiva dos representantes brasileiros permite influenciar na definição dos temas que serão tratados nas Bienais seguintes, como também influencia nos trabalhos que serão desenvolvidos pelos órgãos de estudo do CIGRE. Veja aqui o Relatório Técnico.

Manual de Integridade Empresarial e a Política de Combate a Corrupção - Compliance - Conjunto de normas de ética e conduta, o Programa de Integridade do CIGRE-Brasil traz também os mecanismos e procedimentos de auditoria e de controles internos, assim como estabelece os canais de denúncia, acompanhamento e apuração de possíveis irregularidades. Seu objetivo é prevenir, detectar e remediar prontamente a ocorrência de atividades ilícitas, atos de corrupção ou outros que venham a lesar a administração pública ou privada. 
Para que o Programa se efetive, no entanto,  é preciso que todos(as) os(as) associados(as) recebam uma cópia do Manual de Integridade. Por esse motivo, pedimos a gentileza de que acesse e baixe o seu exemplar e nos remeta a Declaração de Recebimento de sua Cópia do Manual assinada e escaneada para o email da Sra.Verônica (secretaria@cigre.org.br). Desde já convidamos a todos a acessar e a conhecer o  Manual de Compliance do CIGRÉ-Brasil

Conselheiros do CIGRE-Brasil:

Entrevista com Paulo Esmeraldo

“Com as conversas em casa, acabei mudando completamente o rumo da minha vida e fui fazer também Engenharia Elétrica. Lá se vão 40 e poucos anos!
E a mudança de rumo só veio a me fazer bem!”

Quando menino, Paulo Esmeraldo sonhou em ser médico, mas acabou seguindo os passos do irmão mais velho, engenheiro eletricista, e do pai, engenheiro agrônomo que trabalhava na Eletrobras e entusiasmava o filho com a sua percepção do que viria a ser aquela empresa, nos anos que se seguiram. As conversas em família giravam em torno das negociações com o Paraguai para a construção de Itaipu, uma das maiores usinas hidroelétricas do mundo.

Depois do período de formação e de um estágio na Eletrosul que o levaria a um mestrado nos Estados Unidos, Paulo Cesar Vaz Esmeraldo aliou à intensa vida profissional o trabalho voluntário no CIGRE-Brasil, participando ativamente dos seus grupos de estudo e comitês, da sua diretoria – em que assumiu inclusive a função de diretor-presidente – e do conselho administrativo, ao que se dedica atualmente.

De 1980 a 2005 o senhor se dedicou ao departamento de Planejamento da Transmissão de Furnas. Como foram esses 25 anos de empresa?

Comecei a minha carreira com o estagiário na Eletrosul, quando a empresa ainda estava no Rio de Janeiro. Ali, tive a chance de fazer um mestrado nos Estados Unidos, onde fiquei durante um ano. Nesse ínterim, para ficar mais próxima dos seus empreendimentos, a Eletrosul se mudou para Santa Catarina. De volta ao país e sem intenção de mudar de estado, tive a chance de continuar na Eletrobras indo trabalhar no Cepel, onde fiquei por três anos. Depois, como sempre fui entusiasmado pelo sistema de transmissão de Itaipu, fui trabalhar em um grupo de estudos coordenado pela Eletrobras que contava com a participação de Furnas. Foi a partir dessa experiência que fui convidado a trabalhar ali, onde fiquei por 25 anos. Fiquei no sistema Eletrobrás desde que me formei até a minha saída de Furnas para a EPE, a Empresa de Pesquisas Energética.

Nesse período de Furnas, posso dizer que participei de momentos e estudos importantes sobre o sistema elétrico de transmissão. O próprio sistema de Itaipu que não só é um sistema de corrente contínua, mas também um sistema que opera em tensões de 765 kV até então inéditas no Brasil. Havia também certas peculiaridades, naquele momento, como a aplicação de capacitores-série, além de um conjunto de novidades tecnológicas que foram sendo apresentadas e se tornando oportunidades de crescimento na empresa. Isso porque eu sempre buscava (e busco até hoje) a implantação de novas tecnologias que otimizem e tragam economicidade ao sistema elétrico.
Nesses anos, participei da implantação de grandes projetos como o sistema de Itaipu, da implantação do sistema de linhas de 500 kV de Furnas, dos estudos relacionados à implantação da interligação Norte e Sul, tida como a espinha dorsal do Sistema Interligado Brasileiro, por exemplo. 

Veja entrevista na íntegra.
foto: Diretoria do CIGRE-Brasil 2005 no hall de entrada da sede recém inaugurada - Paulo Cesar Vaz Esmeraldo - presidente, Mônica Neves Cordeiro, vice-presidente, Antônio Varejão de Godoy - diretor administrativo, José Henrique Machado Fernandes - vice-presidente e Albert Cordeiro Geber de Melo - diretor-financeiro.

Eventos Previstos para 2019

XVIII ERIAC - Encontro Regional Ibero- Americano do CIGRE, acontecerá entre os dias 19 e 23 de maio de 2019, em Foz do Iguaçu, PR. Realizado desde 1987 nos países da tríplice aliança, o ERIAC tem como idiomas oficiais o espanhol e o português e se realiza de dois em dois anos, a partir do rodízio entre os CIGRE Paraguai, Argentina e Brasil.
Nesta edição, ao cargo do CIGRE-Brasil, a realização contará com a coordenação da Itaipu Binacional e a apresentação de aproximadamente 500 resumos aprovados e divididos entre os temas preferenciais de cada um dos 16 Comitês de Estudo do CIGRE. Segundo o cronograma do evento, até 14 de janeiro os Trabalhos Técnicos devem ser encaminhados à Comissão Técnica e, em março, os trabalhos aprovados serão divulgados, juntamente com o boletim nº 2. Consulte o site do evento e fique atento ao período de inscrição.
XXV SNPTEE - Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica - Promovido a cada dois anos pelo CIGRE-Brasil em parceria com uma grande empresa do setor, o SNPTEE é um dos maiores eventos do setor elétrico brasileiro. Sua 25a edição acontecerá em parceria com a CEMIG, em Belo Horizonte-MG, nos dias 10 a 13 de novembro de 2019.

Em fase de abertura de cotas extras para patrocínio, o SNPTEE tem contato com o apoio das mais importantes empresas do setor elétrico e convida aos interessados a se unirem a essa realização. 
Mais de 1600 resumos técnicos foram selecionados, na primeira etapa de seleção dos trabalhos que serão apresentados no evento. No dia 30 de janeiro os resumos aprovados serão divulgados e seus autores(as) terão até o dia 30 de abril para enviar os Informes Técnicos correspondentes. 
Nesta edição, a novidade será o Showcase Young Member (SYM), iniciativa do CIGRE Internacional, que visa dar aos(às) jovens associados(as) a oportunidade de comunicar seus trabalhos a um público especializado e desfrutar de uma excelente oportunidade de desenvolvimento e formação de networking, no início de suas carreiras. Acesse o site do evento e participe desse importante fórum de conhecimento técnico. 

AGENDA

 ( www.cigre.org.br/eventos)



Minicurso de Máquinas Rotativas -
13 a 15 de março, Florianópolis, SC. 

II SNCESF 2019 - Seminário Nacional CIGRE de Energia Solar FotoVoltaica 
- 19 de março - Belém-PA. 


Workshop e Tutorial 2019 – Sistemas LCC a VSC: Tecnologias em Contínua Evolução em HVDC e FCTS
– 9 e 10 de abril – Rio de Janeiro-RJ.

 

XVIII ERIAC - Encontro Regional Ibero-Americano do CIGRE- 19 a 23 de maio - Foz do Iguaçu - PR.

XXV SNPTEE – Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica - 
10 a 13 de novembro - Belo Horizonte - MG.

XIII SIMPASE - Simpósio de Automação em Sistemas Elétricos - data a confirmar, Recife - PE.




Caro(a) Leitor(a), 


Se você ainda não é nosso(a) associado(a), aproveite os últimos dias da Promoção 15 meses e faça parte do nosso fórum internacional de conhecimento!
Conselho Editorial:
Antonio Simões Pires-CIGRE-Brasil-Eletronorte
Antonio Carlos Barbosa Martins - CIGRE-Brasil
Natasha de Decco - CIGRE-Brasil
Flávia Salazar Salgado-CIGRE-Brasil

Diagramação:
Gabriel Serafim Vieira - CIGRE-Brasil

Foto: 
foto de capa do livro BENICIO, Milla (org.) - Virada Digital - Smart Cities e Smart Grids em uma Perspectiva Multidisciplinar.

Capa do livro Virada Digital de Marcella Real
Ilustração da capa: iStock-861189972

Colaboraram com essa edição:
Claudia Santo - CIGRE-Brasil
Verônica Santos - CIGRE-Brasil

 


Facebook
LinkedIn
YouTube
Ver este email no navegador
Você recebeu esse email por causa da sua relação com CIGRÉ-Brasil. Por favor, reconfirme aqui o seu interesse em receber os nossos e-mails, ou, caso não queira mais recebê-los, remova a sua inscrição aqui.
This message was sent from comunicacao@cigre.org.br to comunicacao@cigre.org.br
Praia do Flamengo, 66 - Bloco B - salas 408 a 411- Flamengo, Rio de Janeiro, RJ 22210-903, Brazil


Update Profile/Email Address | Forward Email | Report Abuse