Cigré Brasil
Associados
Comitês de Estudos
Eventos

Documentos
Revista Eletroevolução
Newsletters
Notícias
Links
Vídeo Institucional
Fale Conosco
Mapa do Site


Como se logar?

20 de setembro de 2018
I Workshop do CIGRÉ Brasil sobre Segurança Cibernética para Sistemas de Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica

A se realizadar nos dias 06 e 07 de dezembro, em Brasília-DF, o evento é promovido pelo Comitê de Estudos D2 de Sistemas de Informação e Telecomunicação para Sistemas Elétricos, em parceria com o Comitê de Estudos B5 de Proteção e Automação e o CT Smart e pretende compartilhar com os profissionais do setor elétrico o que vem sendo discutido e tratado sobre o tema.

Os recursos trazidos pela Tecnologia da Informação (TI) e pelos avanços em sistemas de telecomunicações  permitem novas maneiras de controlar o estado da rede elétrica e dos equipamentos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. A manutenção preventiva baseada no tempo passa a ser baseada na condição possibilitada pelo monitoramento em tempo real.

Assim, subestações e usinas podem ser operadas a distância possibilitada por sistemas de telecomunicações que integram voz e dados. Equipamentos de proteção e controle podem ser configurados remotamente. As redes inteligentes (ou smart grids) trazem novos serviços e oportunidades aos consumidores e ao mercado: o monitoramento online do consumo de energia, a geração distribuída e microgrids imbuídos de self healing já são realidade em muitos países e estão chegando ao Brasil. Tudo isso interligado à internet.

Entretanto, as novas possibilidades trazidas pelo avanço tecnológico também trazem novas questões a serem consideradas. Uma das principais diz respeito à segurança dos sistemas e dos dados trafegados entre consumidores e Agentes, assim denominadas as empresas concessionárias de energia, assim como entre os próprios Agentes e entre os Agentes e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

A ANEEL emitiu recentemente uma consulta pública 006/2018 para tratar de teleassistência e essa possibilidade cria um ambiente desafiador quando se pensa em Segurança Cibernética. É necessário buscar formas de prevenir ataques cibernéticos às instalações elétricas e aos seus sistemas de proteção e automação que podem trazer graves consequências para o país e para a população, que dependem da energia elétrica para seu desenvolvimento.

 



CIGRÉ-Brasil
14/8/2018