CIGRE Brasil
Associados
Comitês de Estudos
Eventos

Documentos
Revista Eletroevolução
Newsletters
Notícias
Links
Vídeo Institucional
Fale Conosco
Mapa do Site


Como se logar?

25 de janeiro de 2020
XXV SNPTEE - Depoimentos

A 25a edição do SNPTEE ocorreu entre os dias 10 e 13 de novembro, em Belo Horizonte - Minas Gerais. Mais de 2000 pessoas estiveram presentes, ao longo dos quatro dias de evento, circulando entre a EXPO SNPTEE e seus mais de 80 estandes, as Sessões Técnicas em que mais de 547 trabalhos foram apresentados.

Esta edição trouxe também, além das segundas edições dos Fóruns de Mulheres e de Jovens do CIGRE-Brasil, as novidades do I Fórum de CEOs do CIGRE-Brasil e da primeira experiência brasileira do NGNS - New Generation Network Showcase - que se desenvolveu tendo como modelo a experiência internacional, na Bienal de Paris.

Na cerimônia de abertura, estiveram o diretor-geral do Operador Nacional de Sistemas, Luiz Eduardo Barata Ferreira,  o diretor-geral da Agencia Nacional de Energia Elétrica, André Pepitone,  a chefe da Assessoria Especial em Assuntos Regulatórios do Ministério de Minas e Energia, Agnes Maria da Costa, além dos organizadores e idealizadores, Nelson Benício, superintendente de Planejamento e Operação de Geração e Transmissão da CEMIG que atuou como coordenadorl do evento e, finalmente, representantes do CIGRE-Brasil, os diretor-presidente da gestão atual e anterior do CIGRE-Brasil, Saulo Cisneiros e Josias Matos de Araujo.

Anfitrião do seminário, Nelson Benício da CEMIG destacou a importância do evento enquanto promotor de intercâmbio de informações e compartilhamento de conhecimento entre os diversos players do setor elétrico nacional e internacional. Em sua palavras: o público do Seminário é composto por profissionais experientes e iniciantes, representando diversas empresas, seja de engenharia, consultoria, centros de pesquisa, universidades, fabricantes de equipamentos entre outros. Enquanto André Pepitone lembrou que: o SNPTEE, promovido a cada dois anos pelo Comitê Nacional Brasileiro de Produção e Transmissão de Energia Elétrica - CIGRE Brasil, é consagrado como um dos maiores eventos técnicos do Setor Elétrico Nacional. Segundo o diretor-geral da ANEEL, ainda: Este, definitivamente, é o local apropriado para se discutir e para aprender sobre mudança, futuro e transformação.

Agnes M.da Costa, em nome do Ministério de Minas e Energia destacou a Modernização do Setor Elétrico, chamando atenção para o fato de que a Modernização não é um mero marco legal, mas um processo que depende não só da ação e da organização do Estado mas do "contínuo engajamento e participação dos agentes setoriais e da sociedade". Na semana seguinte, em suas redes sociais, a representante do MME registraria no artigo Quantos Ds tem a palavra Disruptivo? suas reflexões a partir do que escutou na cerimônia de abertura: Foi escutando às palavras do Belini, presidente da CEMIG, na abertura do XXV SNPTEE, que me dei conta de que, pelo menos no setor elétrico, a palavra “disruptivo” tem três “Ds”: digitalizaçãodescentralização e descarbonização. São esses os movimentos que estão fazendo os setores elétricos no Brasil e no mundo terem que mudar de paradigmas, uma vez que esse processo ainda tem muitas respostas a nos dar, e que todos precisamos estar preparados a refletirmos sobre essas, à medida que se apresentem, para que tenhamos maior efetividade ao final.

No balanço dessa edição do SNPTEE, Saulo Cisneiros o diretor-presidente do CIGRE-Brasil registra que: O SNPTEE é um dos maiores eventos técnicos da América Latina e o 2º maior do mundo do CIGRE e o XXV SNPTEE foi o maior de todos. Foram cerca de 2000 participantes o evento que estiveram presentes nas sessões de Abertura a de Encerramento e muito elogios ao primor de organização das sessões técnicas e dos eventos paralelos. Tudo funcionou muito bem. A EXPO XXV SNPTEE estava bem organizada e as sessões paralelas como o II Fórum dos Jovens e o II Fórum das Mulheres foram magistrais. O I Forum de CEOs foi elogiado por todos os CEOs presentes que puderam dar suas contribuições para o Planejamento Estratégico do CIGRE-Brasil. Enfim, a CEMIG e o CIGRE-Brasil juntos promoveram o maior SNPTEE da sua história. Parabéns a todos que se envolveram com sua organização e que participaram do vento, pois como todos nós sabemos, tudo que é grande só se constrói em equipe.

Leia mais na Revista EletroEvolução.

 

 

 



CIGRE-Brasil
18/11/2019